O deputado estadual Agenor Neto (PMDB) recebeu na manhã desta segunda-feira (20) em seu gabinete da Assembleia Legislativa a Defensora Pública Geral do Ceará e presidente do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais (Condege), Andréia Alves Coelho e outros membros da instituição. Na pauta foi discutida a instalação de uma sede da Defensoria Pública em Iguatu e a volta dos defensores públicos para atuarem no município. O encontro também contou com a presença do prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara.

Durante o encontro o deputado Agenor Neto lamentou a situação de precariedade e abandono em que vive os municípios da região Centro Sul do Estado, por não dispor de uma defensoria pública para prestar serviços às camadas mais carentes da população. "É lamentável o que o Estado vem fazendo com os mais carentes. Sem ter acesso a um serviço público gratuito, muitos se veem obrigados a pagar um advogado particular mesmo sem ter as condições financeiras para isso", disse.

De acordo com o parlamentar, não justifica que uma cidade com mais de 100 mil habitantes, como é o caso de Iguatu, fique sem nenhum defensor público, enquanto outros municípios de menor porte já disponham do serviço. "Temos o município de Acopiara, nosso vizinho, que já dispõe do serviço. E enquanto isso Iguatu não tem nenhum", observou.

O prefeito Aderilo Alcântara disse que o município está disposto a entrar com parcerias para que o serviço seja instalado em Iguatu no mais curto espaço de tempo. "É uma situação de descaso com as pessoas que mais precisam", disse. Ele informou que a prefeitura de Iguatu vai disponibilizar um terreno para que a Defensoria Pública do Ceará possa construir uma sede própria no município. "Queremos esse serviço instalado de forma definitiva em nossa cidade", disse.

Para a Defensora Geral, Andréia Coelho, a carência de defensores públicos nos municípios do Ceará é preocupante. Ela informou que até o final do ano está previsto o envio de três defensores públicos para atuarem no município de Iguatu. "Vamos instalar esse serviço na cidade de Iguatu no mais curto espaço de tempo. Vamos atender no fórum da cidade até construirmos a nossa sede própria", observou.