O deputado Agenor Neto (PMDB) ocupou a tribuna da Assembleia nesta quarta-feira (16/09) para criticar o corte nos abastecimentos de água por meio de carros-pipa nos municípios do interior do Ceará, e mais especificamente em 37 comunidades da zona rural do município de Iguatu.

De acordo com o parlamentar, as comunidades de Iguatu têm enfrentado dificuldades em relação ao abastecimento de água há mais de dois meses. Ele lamentou a falta de prioridade governamental na gestão do problema. "Se o governo tivesse priorizado seus investimentos em vez de gastar R$ 150 milhões em um acquário, com certeza nossos irmãos cearenses não estivessem passando por uma situação tão grave como essa de agora", disse.

O deputado também cobrou do Governo do Estado mais sensibilidade para a problemática. “Quero fazer um apelo aos governos Federal e do Estado para que se sensibilizem com nossos irmãos do Interior do Ceará que estão passando por necessidades primárias de abastecimento de água. É lamentável que estejamos aqui tratando de um problema secular, que é o abastecimento de água por meio de carros-pipa", pontuou.