Em aparte, durante a sessão plenária desta quarta-feira (18), o deputado Agenor Neto (PMDB) criticou a qualidade dos investimentos realizados na segurança pública do Ceará, nos últimos oito anos, durante o mandato do ex-governador Cid Gomes. "Foram gastos de R$ 180 milhões em carros de luxo, R$ 65 milhões com revisão desses veículos, mas não se investiu nas pessoas. Os recursos do povo cearense foram muito mal investidos", disse.

O parlamentar lamentou a atitude do Governo do Estado que, na Lei Orçamentária Anual (LOA 2016), em tramitação na Assembleia, reduziu em R$ 38 milhões os recursos para o Ministério Público do Estado. "Ao invés de cortar recursos o governo deveria era apoiar, aumentando as condições para que esse órgão possa fiscalizar, evitando os desvios de recursos, e com isso ser investido corretamente na segurança pública", pontuou.