O deputado Agenor Neto (PMDB) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa desta terça-feira (03/11) para cobrar do Governo do Estado a assinatura de aditivo do contrato para a construção do Centro de Convenções de Iguatu. O parlamentar lembrou que o aditivo não implicará em nenhum aumento de despesas, mas apenas de uma simples prorrogação de prazo.

O peemedebista disse que torce para que o convênio seja renovado. "O convênio se venceu no final do ano passado e tem até dezembro para ser renovado. Então repito não tem desembolso nenhum para o município, e inclusive já tem até parecer favorável da Procuradoria do Estado, portanto não vejo justificativas para a não aprovação", explicou.

O parlamentar denunciou que por conta dessas cobranças tem recebido recados de intimidação por parte do secretário do Turismo, Arialdo Pinho. "Falaram-me, inclusive, que eu posso provocar a ira do secretário Arialdo Pinho. Quero dizer que esse comportamento anti-democrático não me intimida", pontuou.

Agenor Neto foi aparteado pelos deputados Elmano de Freitas (PT), Daniel Oliveira (PMDB), Joaquim Noronha (PP), Audic Mota (PMDB), Capitão Wagner (PR), João Jaime (DEM) e Fernanda Pessoas (PR). Todos foram unânimes com as colocações do parlamentar.