O deputado Agenor Neto (PMDB) estará viajando no final da tarde desta segunda-feira (24) a Brasília para participar de ato em favor da liberação da Vaquejada em todo território nacional. O ato ocorrerá nesta terça-feira, a partir das 10h, em frente ao Congresso Nacional. O evento é uma realização da Associação Brasileira de Quarto de Milha (ABQM) e a Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), com apoio da bancada de deputados de diversos estados, inclusive do Ceará.

Para Agenor Neto, o esporte da vaquejada representa a cultura nordestina e gera mais de 720 mil empregos no país. "Num momento em que vive o país, de profunda crise econômica, com mais de 12 milhões de desempregados, é muito importante que possamos estar em Brasília para apoiar a legalização dessa atividade, que só no Ceará gera mais de 60 mil empregos", disse. 

A prática da vaquejada passou a ser uma atividade ilegal depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional, a lei cearense 15.299/2013, que regulamentava os eventos no Estado. A ação foi movida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e questionava, especificamente, a legislação cearense.