O deputado estadual, Agenor Neto, solicitou no plenário da Assembleia Legislativa do Ceará a instalação de uma unidade da Casa da Mulher Cearense.

A unidade tem por objetivo atender a população com melhor qualidade de vida, lazer e incentivo a independência social e econômica às mulheres da região Centro-Sul.

O projeto da Casa da Mulher Cearense é baseado no exemplo da casa implantada em Fortaleza, que atua no atendimento humanizado e especializado para mulheres em situação de violência.

O espaço integra em sua estrutura a Delegacia de Defesa da Mulher, Centro de Referência da Mulher, Juizado Especializado, Ministério Público e Defensoria Pública.

O foco é o atendimento a mulheres que sofram qualquer tipo de violência de gênero: doméstica (física, psicológica, moral, sexual e patrimonial), assédio moral, sexual, negligência, violência institucional, pornografia virtual.

O equipamento integra no mesmo espaço serviços de acolhimento e triagem, apoio psicossocial, serviço de promoção de autonomia econômica, espaço de cuidado para crianças (brinquedoteca), alojamento de passagem e central de transportes.

Iguatu já dispõe de um Centro de Referência da Mulher e de uma Delegacia Especializada em Defesa da Mulher.